Testemunhos

Estar em Guimarães é como dar um passo atrás no tempo. A cidade conserva uma aura de gente da terra, facilmente reconhecida a prosear e tomar nas praças o sol cálido do inverno.
Pelas ruelas estreitas, vislumbramos nesgas do histórico passado, berço deste Portugal pujante do século XXI.
Curioso observar que, não obstante a atmosfera inspirada num passado arquitetônico belamente preservado, a cidade vibra sob a energia dos jovens estudantes que dão cor e voz às ruas, praças, bares.
Fascinante. A voltar muitas vezes.

CARLA SOLLBERGER

Jornalista e Comunicadora, Brasília

Tinha curiosidade de conhecer Guimarães, que guardo no meu sobrenome. Em nossas conversas, meu amigo português Luís Paulo Rodrigues sempre me falava das belezas da cidade de Guimarães.
Numa visita a Portugal, com a família, que formava um grupo de 14 pessoas, coloquei no roteiro a cidade fundadora de Portugal. Chegámos a Guimarães cheios de expectativas, que foram logo superadas.
Surpreendente é o que posso dizer desse Patrimônio Mundial da Humanidade, reconhecido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO). Seu conjunto arquitetônico bem preservado guarda uma rara beleza e história do próprio país. Nos jardins do Paço Ducal nos deliciamos já por estar ali, e a conversa e a alegria correram soltas.
Construído no século XV pelo seu primeiro Duque de Bragança, é possível sentir o tempo retroceder e somos tomados pela incrível capacidade de sentir a história ainda viva. No Castelo de Guimarães, onde, segundo a lenda, foi o berço do primeiro Rei de Portugal, pode-se caminhar por suas muralhas e imaginar as guerras ali travadas. E ainda causa encanto pelo cenário indescritível do horizonte da cidade e do Paço Ducal.
Caindo a noite, encerramos a rápida visita com um delicioso café nos arredores do Largo da Oliveira. Voltarei, voltarei logo. Fui fisgado pela cidade.

IVAN GUIMARÃES

Consultor de comunicação, Fortaleza, Ceará

A cidade de Guimarães é uma aula de história a céu aberto, com palácios, igrejas, monumentos e ruínas ancestrais.

ANDREA MAGALHÃES

Publisher da "Viagens S/A", revista especializada em viagens e turismo, São Paulo

Pesquisa